terça-feira, 31 de agosto de 2010

Pudim de Claras

Sempre fiquei curiosa para saber se esse tal pudim de claras era bom mesmo.
Quando fiz o quindão que tanto me surpreendeu, resolvi congelar as claras e fiquei sem saber em que usá-las, até que veio a idéia de testar esse pudim.
Fiquei morrendo de medo de desenformá-lo e quebrar ou grudar! Rs... Mas tudo deu super certo e mais uma vez fiquei surpresa com uma receita tão simples e tão saborosa. Ele fica mole por dentro e com aquela casquinha de suspiro por fora! hummm...

Ingredientes:
Para o caramelo
1 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de água
Modo de Preparo:
Numa panela para pudim, coloque a água e o açúcar e mexa até dissolver. Leve ao fogo alto para caramelar e não mexa mais. Quando dourar, desligue o fogo. Vá girando a formapara que o caramelo espalhe nas laterais. Reserve.

Ingredientes:
Para o pudim
10 claras
18 colheres (sopa) rasas de açúcar
Modo de Preparo:
Pré-aqueça o forno a 120ºC (temperatura baixa). Na batedeira, coloque as claras e bata até o ponto de neve. Adicione o açúcar aos poucos, batendo entre cada adição. Ao final, bata por mais 5 minutos.
Transfira as claras para a forma caramelada e coloque sobre uma assadeira com água para assar em banho-maria ao forno. Deixe assar por cerca de 30 minutos. O pudim deve ficar dourado por cima. Retire do forno e deixe esfriar um pouco para desenformar (se ainda estiver quente, pode quebrar, e se ficar muito frio, pode não soltar da forma, portanto o ideal é morno). Coloque um prato por cima da fôrma e vire de uma vez. Levante a forma delicadamente para o pudim se soltar aos poucos.







2 comentários:

  1. Nunca provei, mas ficou lindo de viver!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. vou fazer ainda hoje "inhamiinhami" hahahah deve ser uma delicia

    ResponderExcluir